Profecias do Anticristo - Parte Um

antichrist

Patrick Heron

26 de Outubro de 2007

RaidersNewsNetwork.com 

Com a proximidade do advento do Apocalipse futuro, muitos estudiosos das profecias e professores bíblicos têm mantido um olhar de águia par ver se podem divisar um possível candidato que possa ser o pavoroso Anticristo.

Hitler, Stalin e Pol Pot são nomes que têm sido aventados na história recente como possivelmente se encaixando em sua descrição. Vários Césares e especialmente Nero pareciam se encaixar em dias passados, juntamente com alguns dos Papas.

Mas quem é esse Anticristo e como podemos estar certos de que sabemos exatamente quem ele é quando eventualmente ele aparecer?

Pretendo fazer uma tentativa de identificar essa pessoa em uma série de pequenos artigos durante as próximas semanas. Tentarei realizar essa tarefa a partir de nossa principal fonte de verdade, a Bíblia. Antes de começar a examinar esse importante tópico, preciso definir algumas regras.

Isto é, eu creio firmemente que devemos permitir que a Palavra fale por si mesma. Creio que a maior parte da Bíblia é direta e simples e fácil de entender e deve ser tomada literalmente em sua quase totalidade.

Não é preciso ser uma pessoa estudada para entender a Bíblia. De fato, Jesus disse para nos acautelarmos dos doutores da lei e escribas e outras pessoas religiosas bem educadas que sempre gostam de apontar quantos graus de doutorado de teologia possuem.

Qual era a ocupação de Pedro? Isso mesmo. Um pescador. E Marcos? Ele cuidava de ovelhas. E o resto dos apóstolos? Eles eram “ignorantes e iletrados” de acordo com os principais sacerdotes e teólogos de sues dias. Basicamente, eles eram um bando de camponeses que tinham pouca educação. Mas eu aposto que eles eram expertos. Pedro era um ótimo pescador e você não conseguiria enganá-lo. Marcos era um ótimo pastor e provavelmente fez uma vida decente da criação de ovelhas. Esses caras não eram idiotas. Eles eram expertos e inteligentes.

Assim, se você é uma pessoa que gastou anos em estudos teológicos e tem as letras antes do seu nome para prová-lo, então você deve estar em desvantagem no que se refere a descortinar as verdades da Bíblia. Melhor que todos nós nos tornemos como crianças e nos permitamos aprender algo fresco das Santas Escrituras. De fato, se cremos que a Bíblia é a inerrante Palavra de Deus, então nenhum de nós deveria temer mudar nossa teologia a respeito de um assunto se a verdade clara nos está encarando. Ainda que isso signifique desistir de crer em algo que tínhamos por verdade por muitos anos.

Ouça o que o Senhor diz a respeito disso em Hebreus 4:12.

“Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração”.

Assim a Palavra interpretará a si mesma se permitirmos. Pois nenhuma profecia das escrituras é de pessoal interpretação. E isso é exato. A seguir um exemplo primário de quão aguda ela é, tirada de Lucas 4:16-21,

E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler.

E foi-lhe dado o livro do profeta Isaías; e, quando abriu o livro, achou o lugar em que estava escrito:

“O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração, a pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, a anunciar o ano aceitável do Senhor.”

E, cerrando o livro, e tornando-o a dar ao ministro, assentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele. Então começou a dizer-lhes: “Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos”.

É impressionante o fato de que Ele tenha tido que abrir o livro, que era um pergaminho (eles não tinham livros como nós temos hoje). Eles também não tinham capítulos, parágrafos ou versos numerados. Isaías era um longo documento continuo. Ele desenrolou o pergaminho, encontrou a passagem que procurava e começou a ler. Mas parou de ler no meio da sentença. Porque se você for a Isaías 61 verso 2, está escrito,

“A apregoar o ano aceitável do Senhor, E O DIA DA VINGANÇA DO NOSSO DEUS”.

A última metade da sentença ainda está no futuro. Pois o “dia da vingança” está falando do dia do Senhor, que diz respeito ao Apocalipse futuro e a profecias ainda não cumpridas. Se Ele tivesse lido essa próxima frase, então teria dividido erroneamente a Palavra de verdade e toda a sua Bíblia de desmantelaria. Mas Ele não o fez. Ele parou no meio do caminho. Havia apenas uma vírgula separando a corretamente dividida verdade da Palavra do erro.

Isso mostra quão exata é a Bíblia. É com esse fundamento em mente que realizamos este estudo na tentativa de esboçar uma descrição a partir das Escrituras dos atributos do futuro Anticristo e qual será o seu papel nesta terra.

A Epístola de 2 Tessalonicenses 2 é aonde eu gostaria de ir primeiro pois ela tem alguns fatos reveladores para nos mostrar o que Paulo chama de “o homem do pecado”. Falando do “dia do Senhor”, que é o Apocalipse vindouro está escrito,

“Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste O HOMEM DO PECADO, o filho da perdição,

O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.

... E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda;

A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira,

E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira”.

O homem do pecado é também chamado aqui de filho da perdição e de o iníquo. Isto fala da famosa pessoa bem conhecida hoje como o Anticristo. Mas “anti” em Grego não tem sempre que significar contra. Pode também significar “no lugar de”. Ficará claro enquanto avançarmos neste estudo que a correta descrição pertinente a esse ser é que quando ele vier, virá “no lugar de” Cristo.

Isso é, quando ele aparecer, convencerá um mundo perplexo de que é o verdadeiro Messias. Falaremos mais sobre isso depois. Mas, por agora, o que podemos aprender da passagem em Tessalonicenses? Bem, a primeira coisa que temos que compilar e esclarecer é que nos é dito que essa pessoa é um homem. Mas é um homem que possui grandes poderes. Pois é dito no verso 9 (estou citando a NIV aqui),

“A vinda do iníquo será de acordo com a obra de Satanás mostrada em todo tipo de milagres enganosos, sinais e maravilhas”.

No livro de Atos nos é dito que “sinais, milagres e maravilhas” seguiriam aqueles que creram na ressurreição de Jesus Cristo. Então o que distinguirá esse homem quando ele vier é que ele poderá realizar sinais, milagres e maravilhas, apesar de que serão enganosos.

Então, podemos agora eliminar Hitler, Stalin, Pol Pot, Nero e qualquer príncipe Árabe do Oriente Próximo, já que nenhum desses produziu quaisquer sinais, milagres e maravilhas.

Isso é tudo por hora. Aguarde pela Parte 2 que virá em breve.