Profecias do Anticristo - Parte Três

Patrick Heron

2 de Novembro de 2007

RaidersNewsNetwork.com

Até agora nós estabelecemos que um homem poderoso aparecerá no palco político do mundo e fará quase todo o mundo seguí-lo. Ele fará isso por meio de seus poderes sobrenaturais que utilizará para enganar as nações. Ele fará outro homem se juntar a ele como um poderoso aliado religioso. Este homem é chamado de Falso Profeta. Juntos eles negociarão um tratado de paz entre os Judeus e as nações Árabes que os cercam.

No momento, o povo Muçulmano está esperando o aparecimento de seu próprio profeta que é chamado de o 12º Imam ou Mahdi. Várias centenas de anos atrás Mahdi, um menino com cerca de 12 anos, se escondeu e desapareceu dentro de um profundo poço. Mas em breve, eles crêem, ele emergirá desse poço para guiar o Islã em uma série de vitórias militares sobre seus inimigos.

Os Judeus também estão esperando a vinda de seu verdadeiro Messias. Pois eles não acreditam que Jesus é foi Messias prometido. Então, temos duas poderosas comunidades, ambas aguardando um líder carismático aparecer e guiá-las à vitória e à paz.

E no Livro do Apocalipse é profetizado que dois homens poderosos realmente aparecerão no futuro. O Anticristo e o Falso Profeta. Eles seguirão como pacificadores e negociarão um acordo entre os Judeus e os Árabes. Esta é a chave para a paz mundial. Pois, sem paz no Oriente Médio, não pode haver paz mundial.

Será que este homem, que está vindo no lugar de Cristo, e que declarará "eu sou o Cristo", poderá ser aceitável aos Judeus como o verdadeiro Messias? E no mesmo espírito, o Falso Profeta, que surgirá da terra, será que ele promoverá a si mesmo como sendo o tão esperado Mahdi, e fará os fieis Muçulmanos crerem que ele o é?

Os paralelos são intrigantes. Ainda mais quando descobrimos que o presidente do Irã, por exemplo, fala regularmente da proximidade da vinda de Mahdi e até predisse que ele surgiria em março passado! E a situação entre Israel e as nações Árabes vizinhas está parecendo mais perigosa a cada dia que passa.

Você deve se perguntar como é que podem os escritos do Islã, assim como o Corão, ter quaisquer escritos proféticos já que nós Cristãos ocidentais não cremos que que eles sejam inspirados por um verdadeiro Deus. De fato você pode ainda contemplar como essas profecias dos Islã estão tão próximas das profecias contidas no Livro do Apocalise quanto à vinda desses dois futuros líderes mundiais. Mas quando você pesquisa como foi que Maomé recebeu suas revelações, fica claro quem foi que ditou o Corão, etc.

Pois nos é dito que apareceu a Maomé um anjo brilhante vestido de branco e lhe declarou que ele haveria de ser um profeta para o povo Árabe e que ele deveria registrar fielmente todas as palavras desse mensageiro de Deus. Quando ouvimos isso, imediatamente lâmpadas se acendem em nossa cabeça e nos lembramos que foi a serpente que enganou Eva através de sua sutileza, e não admira,

"... porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz." 2 Coríntios 11.3,14

Agora, o Diabo conhece as Escrituras melhor do que você e eu. Lembre-se que ele foi capaz de citar palavra por palavra dos Salmos quando tentava fazer Jesus se jogar do pináculo do Templo em Jerusalém. Ele pescou um verso e disse "está escrito". É claro que ele estava citando fora do contexto, mas isso é outra história.

O ponto é, O Diabo conhece o Livro do Apocalipse de trás para frente e de cabeça para baixo. E porque ele não conheceria? A final de contas, ele trata de sua deposição e eterna condenação. Então ele precisaria conhecê-lo completamente a fim de tentar subvertê-lo de alguma forma para poder desvirtuar seu resultado final. Assim, como mestre falsificador e com um anjo de luz, suas profecias espelharão muito de perto a verdade das escrituras e ao mesmo tempo se encaixarão em seus próprios planos de enganar o mundo e causar a completa destruição da humanidade.

Incidentalmente, o Anticristo é freqüentemente chamado o homem da perdição, o que significa destruição. Os nomes dados a ele em Apocalipse 9 são Abadom e Apoliom e nos é dito que eles significam "destruição" ou "o destruidor". E mais tarde nos é dito que ele "segue para sua destruição". Parece que ele mesmo será destruído. Mas isso quer dizer que ele sai para destruir o mundo. E ele quase tem sucesso pois, no final do Apocalipse, cerca de dois terços da população da terra estão mortos.

Então os dois homens surgirão no palco político do mundo e serão aceitos tanto por Muçulmanos quanto por Judeus. Mas e quanto ao resto da população da terra? Bem, se esse Messias vindouro será bem recebido pelo povo escolhido de Deus, os Judeus, não é um passo muito largo ver que ele também será adorado pelo resto da "Cristandade". A quem estou me referindo? Bom, saibam que eu cresci católico na Irlanda. Nós somos considerados um país Cristão. Mas isso é Cristianismo nominal. Pois os Católicos neste país conhecem muito pouco sobre Cristo ou Seus ensinamentos.

Tampouco sabe o povo Irlandês sobre Sua graça salvadora, Sua segunda vinda ou quem Ele realmente é. Proclamar os Católicos neste país como sendo verdadeiros Cristãos é como eu dizer que sou um mecânico de motores, mas eu não sei como trocar o óleo do eu carro! Em resumo, eu conhecia muito pouco de Jesus ou da Palavra ou das verdades das Escrituras até que eu tive uma epifania aos 24 anos de idade. O mesmo é verdade, em geral, a respeito dos cerca de um bilhão de católicos por todo o mundo. Conhecemos muito a respeito das tradições da Igreja e dos vários ritos e rituais que ela ensina, mas nada a respeito da verdadeira mensagem do Senhor. Sempre foi assim. O cego guiando o cego.

O mesmo se aplica ao resto das assim chamadas igrejas Cristãs, quer protestantes ou não. Elas ensinam as tradições do homem e ignoram os preceitos de Deus. Elas são Cristãs meramente no nome mas não em palavra ou prática. Assim, quando a imitação do Messias aparecer dizendo ser o Cristo, e exibindo sinais, milagres e maravilhas, eis aqui outro bilhão ou mais que engulirá seu anzol, linha e chumbo de engano.

O Anticristo vindouro será um grande orador. Ouça o que Daniel 7:8 diz sobre ele, aqui referido como "um pequeno chifre".

"Estando eu a considerar os chifres, eis que, entre eles subiu outro chifre pequeno, diante do qual três dos primeiros chifres foram arrancados; e eis que neste chifre havia olhos, como os de homem, e uma boca que falava grandes coisas."

Ele será o mais poderoso e carismático líder político a jamais ser empossado. Clarence Larkin, em seu livro "Verdades Dispensasionais" fala desse homem:

"Ele será um homem composto. Um que engloba em em seu caráter as habilidades de Nabucodonosor, Alexandre o Grande e César Augusto. Ele terá o maravilhoso dom de atrair homens não regenerados. E a irresistível fascinação de sua personalidade, suas habilidades versáteis, sua sabedoria sobre-humana, grande habilidade administrativa e executiva, juntamente com seus poderes de adulador consumado, diplomata brilhante e estrategista magnífico, o tornarão o mais conspícuoe e proeminente dos homens. Todos esses dons serão conferidos a ele por Satanás, cujo instrumento ele será."

Eu aposto que ele será mais bonitão do que Sean Connery, Elvis e George Clooney juntos, e as mulheres o adorarão. Ele será capaz de atrair os passarinhos para fora de uma árvore.

Mas quem é esse homem e e de onde ele vem? Ele é um humano que está agora sendo preparado por Satanás para entrar em cena em pouco tempo quando seu momento chegar? Nós já o vimos na televisão e será ele conhecido por nós? Um bem conhecido político dos Estados Unidos ou uma estrela em ascensão na América, tavez? Ou um príncipe Árabe educado em Oxford e que fala fluentemente 9 línguas diferentes e tem riquezas do petróleo além da mais selvagem imaginação?

Não, Ele não é nada disso. Pois quem ele é e onde habita está claramente declara em linguagem simple nas Escrituras. E ele não será visto por qualquer olho humano até depois da "queda". Então  e somente então o homem do pecado será revelado.