Israel: o Relógio de Deus

360 x 7 = 2.520

Após a destruição de Jerusalém e a rejeição de Jesus como o Messias, os Judeus foram feitos cativos e dispersados pela Europa e Ásia; eles deixaram a Terra Prometida temendo ainda mais por suas vidas. Esse foi um período negro na história dos Judeus. Ainda assim, onde quer que vivessem, nunca esqueceram suas raízes nem a promessa que Deus fez a seus ancestrais de torná-los uma grande nação. A terra de Israel tornou-se um campo de dejetos, impróprio para pessoas e animais. Como notou Mark Twain, Israel se tornou um lugar desolado, árido e seco, onde não se viam árvores por quilômetros. A terra e o povo eram com um. Enquanto fossem obedientes a Deus, eles floresceriam. A desobediência provocou desespero e negação.

Por Quanto Tempo, Senhor?

Israel não se arrependeu de seu pecado ao final dos 70 anos de cativeiro em Babilônia. Alguns Judeus retornaram para a Terra Prometida, mas a maioria simplesmente se estabeleceu no Império Persa (Iran – Iraque). Então, quanto tempo até que Deus reunisse os Judeus e os restaurasse como a Nação de Israel? A solução para o mistério está em Levítico 26. “ E, se ainda com estas coisas não me ouvirdes, então eu prosseguirei a castigar-vos sete vezes mais, por causa dos vossos pecados. ” Levítico 26.18. Em outras palavras, se Israel não se arrependesse, a punição prometida seria multiplicada por sete.

Houve um profeta de Deus chamado Ezequiel que, como Daniel, também foi capturado e levado para Babilônia. Ele ficou lá por cerca de 20 anos e, como Daniel, também conhecia as profecias de Jeremias de que o cativeiro em Babilônia duraria 70 anos. O Senhor apareceu a Ezequiel e lhe deu esta visão: “ E tu toma uma sertã de ferro, e põe-na por muro de ferro entre ti e a cidade; e dirige para ela o teu rosto, e assim será cercada, e a cercarás; isto servirá de sinal à casa de Israel. Tu também deita-te sobre o teu lado esquerdo, e põe a iniqüidade da casa de Israel sobre ele; conforme o número dos dias que te deitares sobre ele, levarás as suas iniqüidades. Porque eu já te tenho fixado os anos da sua iniqüidade, conforme o número dos dias, trezentos e noventa dias; e levarás a iniqüidade da casa de Israel. E, quando tiveres cumprido estes dias, tornar-te-ás a deitar sobre o teu lado direito, e levarás a iniqüidade da casa de Judá quarenta dias; um dia te dei para cada ano. ” Ezequiel 4.3-6

Então, vejamos: são 390 dias para a casa de Israel e 40 anos para a casa de Judá. São 430 anos, mas temos que subtrair os 70 anos que Israel serviu durante o cativeiro Babilônico. Assim, agora Israel devia a Deus 360 anos de punição, multiplicados por 7: 360 anos x 7 = 2.520 anos bíblicos, cada um de 360 dias. Mas quando os 2.520 anos de punição começaram? Da Bíblia e de outras fontes históricas, incluindo Flavius Josephus, o final do cativeiro Babilônico ocorreu na primavera de 536 a.C. Esta data será nosso ponto de partida.

2.520 anos bíblicos x 360 = 907.200 dias. Convertendo esse total para o nosso calendário de 365,25 dias, e dividindo em 907.200 dias chegamos a um total de 2.483,8 anos calendário. (nesses cálculos temos que ter em mente que só houve um ano entre 1 a.C. e 1 A.D.). Portanto, o final do cativeiro mundial de Israel ocorreria após um total de 2.483,8 anos se passarem a partir da primavera de 536 a.C.